terça-feira, 1 de junho de 2010

Homem-Água

Foto de André Baliú

Enquanto Água, rastejando pelo mundo, moldando-se ao terreno, sábio ou não, está no mesmo patamar que nós. Vê o outro homem brincar próximo ao seu leito. O homem de qualquer cor, brinca, sorri, dança ao lado de uma árvore, sua amiga. A princípio pensamos que está sozinho, mas como se tem a árvore? O Homem-Água quer brincar com ele, quer fazer parte de sua vida, mas não pode mudar seu caminho, não pode mudar seu rumo. é condição humana seguir o fluxo da vida obedecendo as fendas do terreno, desviando apenas o olhar, às vezes seguindo olhando para trás. Para quê? Será loucura?

Foto de André Baliú

*Na segunda foto Edu O. em performance junto com Pop.hipnotic.machine

3 comentários:

Bípede Falante disse...

Homem água, sua fonte é de puro e admirável talento!

Maria Muadiê disse...

dias sem vir aqui...
tanta coisa linda!

Gerana Damulakis disse...

Muito bacana o texto, o Homem Água, as fotos.