quinta-feira, 17 de julho de 2008

Minha tattoo



Amanhã farei minha segunda tattoo. Lembro que a primeira foi feita num momento de transição em minha vida e o quanto ela significou isso para mim, além de traduzir um pouco o que sou.


Agora, novamente, sinto que estou no início de um novo ciclo e mais uma vez chega uma tatuagem para desenhar esse começo de caminho.


Farei uma Judite deitada no meu ombro direito. Quero ser o colo para minha criação. Ela que me habita, que me transforma... Ela que tantas vezes me permitiu sair disfarçado dela, como quem me colocava no colo e permitia que chorasse meu choro como se fosse o seu. Quero Judite eterna em mim.


Amanhã minha amiga Celinha fará essa arte em meu corpo e já voltarei transformado para cá.

4 comentários:

Maria Paternostro disse...

Passei aqui. Qdo puder faça foto da nova tatoo. Bjs

maria guimarães sampaio disse...

Coragem é dote! (como diz seu tio Rodrigo). AH, se eu tivesse tal dote fazia uma tatoo ni mim!

miro paternostro disse...

oi Edu!

vindo diariamente aqui e adorando. nao sou muito de deixar comentários. mas saiba, que leio todo santo dia!
o nome da rua em que eu morava e nao moro mais é: Oranienstrasse. nao confundir com Oranienburgerstrasse! muita gente faz esta confusao. a primeira é o coraco de Kreuzberg 36, a outra rua importante do bairro de Mitte.
beijús

PS: bem fez voce que largou de politica. uma coisa que é um horror!

Bernardo Guimarães disse...

ôba! mais um ponto em comum! Enquanto escrevo, vc já eve estar marcado na pele. Tenho três e será assunto em breve. Mande foto de Judite Deitada.
Abr.