terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Eu também já fui rei

Foto Nei Lima

"Você será o rei branco!", minha mãe chegou com voz embargada me comunicando o fato, cheia de surpresa e alegria. Minha cabeça viu tudo passar como num rolo de cinema em alta velocidade. Naquele momento pensei em meu avô e em tudo que Sto Amaro me deu/dá. Nunca imaginei que seria um dos reis do Terno de Reis Filhos do Sol, feito por tio Rodrigo e toda família Veloso, em homenagem a Dona Canô.

É que sou filho da casa/cidade, filho de Dinorah, frenquento a festa há bem mais de 10 anos e para mim é quando o ano começa. Minha mãe ajuda na decoração, faz adereços e sem saber caprichou na minha coroa, foi surpresa para ela também que já foi anjo.

É a melhor festa de minha terra e eu como um súdito, um verdadeiro plebeu, jamais poderia subir ao posto de rei.

Para outras pessoas ser Rei pode ser uma brincadeira gostosa, aparecer na Caras e ter destaque no meio daquela multidão. Para mim era uma homenagem a minha mãe, a nossa amizade, a própria cidade onde me fiz gente. Saí as ruas com sorriso gritando no rosto e me emocionava com os olhares emocionados das pessoas que acompanhavam o cortejo e gritavam palavras carinhosas para mim.


Foto Vinicius Arneiro

Na porta de Dona Canô foi emocionante ver sua surpresa e alegria ao me ver de Rei. O anjo a coroou, rainha maravilhosa! Todas as reverências para esta mulher!

Passamos na frente da casa de meu avô, agora completamente modificada, mas pude ainda ver a janela azul e ele debruçado. Fiz um aceno silencioso para meu velho que não estva ali de verdade. Fui andando e vendo como a cidade se modificou, menos o meu afeto a minha gratidão.

Chegamos a Igreja de Nossa Senhora da Purificação e eu agradeci por tudo que tem me acontecido. Ali, Pai Pote falou para a segunda homenageada da noite: Mãe Hilda Santos, a mais antiga mãe de santo da cidade.


Foto Vinicius Arneiro

Seguimos para a porta do Hospital Santa Casa de Misericórdia onde nos esperava o Presépio de Dida. Roberta, uma amiga que amo era o anjo e nos recebeu de braços abertos e sorriso lindo no rosto. O menino Jesus e seus pais me emocionaram com a delicadeza daquele momento.

Seguimos de volta a Lira, passando pela porta de tia Bibi, Dona Dedé, Dida, Nena, Heda.

Na chegada a Lira nosso reinado acaba para dar espaço a festa que durou até as 6h da manhã. Teve tudo para se dançar Marcel Fiuza que fez um som maravilhoso, Coisa de Pele, Dj, Oyá... Uma maravilha!

Tio Rodrigo é o grande produtor dessa festa e este ano me fez muito feliz.Obrigado!


Foto Vinicius Arneiro

"Todo menino é um rei
Eu também já fui rei"
(Nelson Rufino/ Zé Luiz)

8 comentários:

Anônimo disse...

Isso é só o começo de uma história poderosa que você já está escrevendo!!!!!
Pra onde trilhares teu caminho a sorte e as coisas boas virão porque são fruto de tua coragem, amor e sinceridade.
Sigo aprendendo que compartilhar é poder dividir com quem gostamos nossos sentimentos e escolhas mais belas.
Um beijo grande meu amigo e espero logo poder te reencontrar...
Carol Teixeira

Bípede Falante disse...

Essa festa deve ter sido a mais mágica das festas. Um dia, hei de estar em uma :)
beijos

Chorik disse...

Esplêndido, mantendo viva a tradição, a cultura, o mágico. Em São Paulo, interior incluso, acabou-se a folia.

P.S. - você arrasou hein?

Moniz Fiappo disse...

Fui uma das primeiras a saber que voce seria rei. Foi divertido ver Dinorah preparando tudo, na maior animação, sem saber que seria voce.
Foi lindo, o cortejo estava bacana, sempre me emociono demais nessa festa que também para mim, abre o ano novo.
Voce estava lindo!
Palavra de anjo, que também já fui.

Lidi disse...

E que lindo Rei. Bjs

Bernardo Guimarães disse...

ô meu rei!
queria estar lá pra te ver e dar um abraço.
rodrigo, o rei dos reis magos.

Cíntia disse...

Amo festas populares, trabalhei num projeto teatral que o tema era Folia de Reis, um musical, depois disso passei a prestar mais atenção nas festas regionais e passei a amar musicais! Parabéns!

SoniaTete disse...

Que saudade de Santo Amaro...rs curti muito tua cidade, o Terno de Reis...Santo Amaro é uma cidade mágica, repleta de cultura...a gente respira arte e história por ai...

Você merece essa deferência sim, como filho da terra que é, levando a cada dia mais e mais o nome de Santo Amaro por ai, pelo mundo...mostrando que ai é berço de grandes artistas e pessoas incríveis!!!!!!!!

Pena que não fui...se soubesse que tu seria o Rei teria ido...rs to morrendo de saudade de Santo Amaro..rs
Beijosssss