quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

A festa de Eros

Foto de Edu O.
para escultura de Eros (Louvre), infelizmente sem crédito do escultor
Há quase três anos fui atingido por Eros.

Eu pensava ter amado anteriormente, mas tudo era artimanha da paixão. Esta sempre maravilhosa, mas ele, o amor, me trouxe uma experiência inédita e igualmente maravilhosa.

Hoje meu amor comemora aniversário e eu agradeço à vida por este encontro que me trouxe calma, respeito, cumplicidade, alegria e o prazer de ser amado em igualdade. Amor é troca, não doença, não é posse, não é anulação. Quanto mais sou eu, mas é possível amar e ser amado, porque o outro não quer espelho, quer complemento.

Que esta festa seja sempre junto a você, meu amor!


3 comentários:

Bernardo Guimarães disse...

Dá meus parabéns ao seu amor por mim. E para vc por ter seu amor. Bela data para comemorar.
Eparrêi, Iansã!!!

Janaina Amado disse...

Viva o amooooor, a vida é bela :-))

Luli Facciolla disse...

Felicidades ao Amor!
Ao seu e ao de todos! hehehehehe

Beijos Edu!