segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Um avanço a comemorar

Criei este blog há dois anos com o intuito de gritar coisas que me faziam sofrer. Lembro que os primeiros posts tinham um tom briguento, quase passeata de MST contra a discriminação, o preconceito e a falta de respeito com os deficientes. Acredito que falando de casos pessoais estou dando uma mostra do coletivo. Não me acho no direito de falar por uma classe, de colocar palavras na boca de outros.

Hoje eu estou muito feliz ao ver o resultado dos projetos habilitados no edital de circulação de dança promovido pela FUNCEB. Existem 4 (quatro) projetos, da chamada Dança Inclusiva, selecionados. Os projetos são: Judite quer chorar, mas não consegue! criado por este que vos fala, Os 3 Audíveis... Ana, Judite e Priscila do Grupo X de Improvisação em Dança, O Malandro do grupo da APAE e Dança de Ninfa proposto dor Deo Carvalho que trabalha com Ninfa Cunha.

Não sei se é exagero de minha parte, mas acredito estarmos vivendo um momento histórico e importante para a militância do movimento da Inclusão das Pessoas com Deficiência. Não entrarei no mérito dessa briga agora, porque tenho várias críticas e questões a refletir sobre tal movimento, mas tenho certeza que é extremamente importante saber que 1/4 dos projetos inscritos e habilitados num edital de dança (saliento que não é um edital específico para dança inclusiva) são produções feitas por e com pessoas com deficiência. Quando e onde víamos esta abertura para tais projetos? É verdade que fomos nos profissionalizando, desenvolvendo pesquisas mais concisas, o mercado de trabalho para o dançarino com deficiência teve uma abertura maior, mas ainda vivemos no gueto, raramente um evento que não seja específico para Dança Inclusiva acolha projetos com deficientes e acabamos falando para nós mesmos.

Espero que todos os projetos estejam bem escritos, com propostas a nível de competição com os outros, para que possamos ser aprovados e circular por essa Bahia desenvolvendo nosso trabalho e dando oportunidade as pessoas de irem quebrando aos poucos os paradigmas em torno da deficiência e da arte produzida por artistas defs.

O primeiro passo já foi dado,passamos pela primeira rampa. Que a deusa Dança nos abençoe!

14 comentários:

sotão73 disse...

muito muito bom isso Edu! parabéns!!! beijos, drica.

Gerana Damulakis disse...

Terpsícore seguramente abençoa.
Parabéns ao blog, aos seus sonhos realizados, a você, Edu.

Luli Facciolla disse...

Palmas para o grandioso Edu!!

Beijos

maria guimarães sampaio disse...

SUPER SUPER PARABÉNS. Sua luta faz parte deste chegar.
----
Mudaste a cara do blog! Está chique.

Bernardo Guimarães disse...

que ótimo. ando de saco cheio também de só ouvir críticas e quando surge algo assim, devemos comemorar. parabéns aos autores dos projetos e parabéns também a quem finalmente os reconheceu.
abraço especial a judith.

Fernando L disse...

É isso aí Edu !

Também fico feliz de ver algumas mudanças nas seleções de projetos, tornando editais realmente uma ferramenta mais inclusiva e expansora das possibilidades artísticas em dança

BJs

Andréia M. G. disse...

Amém, Edu! Apesar de não conhecê-lo, sua arte e vigor na luta pela inclusão transbordam neste blog. Parabéns! :-)

Chorik disse...

Assim seja!

Andréa C disse...

Parabens, querido. Sentir que se faz diferença no mundo é uma sensação maravilhosa.
Obrigada por estar sempre por perto da minha cova, é um prazer te ler, ver pedaços de usa vida e curtir momentos felizes como este seu agora.
Beijocas

Maria Muadiê disse...

beleza, Edu. Beleza mesmo.
beijo

nilson disse...

Parabéns, Edu! E obrigado pelas palavras carinhosas. Como disse lá, além disso, feliz de vc ter pensado no texto sobre billie Holliday. Vou te adicionar lá no blog!

I.Moniz Pacheco disse...

Felicíssima, mas sei da luta de voces. Quando sei de uma notícia dessas tenho até um fio de esperança...

Janaina Amado disse...

Ai, que notícias ótimas, Edu!
Sabe o que eu acho, assim, na intuição? Que o seu blog o ajudou a obter tão bons resultados. Continue a encantar.

Gregorio Omar Vainberg disse...

Edu

Primero te dou os parabens pelo teu blog.
Me parece muito bom começar a aparecer, e questionar desde dentro mesmo.
Assim é que começam as coisas.

continuarei te visitando, e lendo,

Um abraço