segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Deu pra corno

Lendo o último diálogo (im)impossível de Janaina Amado em seu blog Acreditando no Truque , lembrei de um caso que escutei a vida toda e até hoje dou gargalhada com isso.

Uma tia, amiga de minha mãe, conta em rodas de conversa a estória de um colega de trabalho que vai a um casamento e encontra velhos amigos que não via há muito tempo.
Conversa vai, conversa vem, entram no assunto familia.

-E como estão as suas filhas? perguntou um dos camaradinhas ao colega de minha tia.

- Estão bem. Claudinha casou, tem dois filhos, Carlinha também está casada, formada em direito, só Fernandinha não deu sorte... o marido deu pra corno.

6 comentários:

Janaina Amado disse...

Edu, que gargalhada gostosa dei com essa sua história! Deliciosa.

maria guimarães sampaio disse...

formidável!

Gerana Damulakis disse...

Maravilha!

Bípede Falante disse...

Vim lá do blog da Janaina. Vi um comentário seu. Os seus monólogos são ótimos e esse post está engraçadíssimo :)

Bípede Falante disse...

Ei, ri tanto do seu post que nem falei sobre o nosso blog. Vi que você já esteve por lá. Estamos criando um blog coletivo de todos para todos de todos os jeitos. Dá a sua opinião sobre o nome e se achar que pode ser interessante, participa também. A princípio, a ideia é distribuir senhas para quem quiser postar. Pensa.

clenio disse...

kkkkkkkkkkkkkk escutei a sua gargalhada kkkkkkkkkk