sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Latejando dor e grito

Aquele dedo apontando a testa
latejando dor e grito
O grito felino
de um mar de sal na boca

2 comentários:

Chorik disse...

Dedo com unha encravada.

Bernardo Guimarães disse...

...e eu nem sei o que dói mais...
brigado pelo tchau!
até por aí.