quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Todo amor do mundo

2010 passou voando como uma criança correndo no corredor, fazendo vento e sorriso. Delicioso para mim e espero que para muitos dos meus amigos. Desejo um 2011 com a alegria do que ele já me anuncia e com toda felicidade que compartilho com os meus, desejando sucesso, alegrias, saúde, amor, dinheiro, encontros fantásticos e descobertas surpreendentes para todos.

Anualmente faço uma carta agradecendo e relembrando os acontecimentos do ciclo que se finda. Percebo que a cada nova carta tenho mais realizações e conquistas e vitórias também dos meus. Sempre brinco que um ano fica com inveja do que passou e por isso se esforça para ser melhor, para entrar nas memórias em primeiro lugar. Tem dado certo esse joguinho/brincadeira. Eles tem confiado em mim e se esmeram para serem os melhores de todos os tempos.

2011 será assim para todos nós!

Sei que pode parecer bobagem essa overdose de esperança, de otimismo. Sei que muita coisa ficará na mesma, muita coisa ruim acontecerá, mas acredito na energia que emano para mim mesmo e só quero coisas deliciosas, prazeres e bem estar. Por que num momento em que podemos emanar energia com força eu pensarei no contrário?

Para nós todo amor do mundo!!!!! Me repete Los Hermanos e eu grito sempre.

PS: Estou viajando hoje e só volto ano que vem. Feliz ano novo, e-amigos!

4 comentários:

Cíntia disse...

Sou amiga da Débora de Miami e adorei seu blog, uma leitura fácil e deliciosa, gostaria de saber se posso colocar seu link no meu blog! Parabéns pelo lindo trabalho e quando vier ao Rio com certeza irei assistir ao seu espetáculo!

Moniz Fiappo disse...

Acho bacana que o ano passado tenha sido legal pra voce. Acho bacana também esse joguinho com voce mesmo atraindo boas energias para o próximo ano. 2010 pra mim foi cheio de coisas ruins, mas também tenho esperança que esse novo venha bem melhor pra todos nós.
Beijos,

aikatherine disse...

Espero que para o bem e feliz ano novo, se eu entendi também está doente. mim também, mas eu já não sou muito jovem, eu acho que uma criança pequena está dormindo, ele é o futuro dos nossos filhos, o amor é um dom, eu já tenho nove filhos, todos crianças são amadas, e dois deles vivem lá perto SaoPaolo. há uma morna ou quente, aqui na Finlândia é fria -20 e os jovens são um monte de queda de neve e montanha esquiar ou patinar no gelo muito. crianças a construir castelos de neve, e eles têm um monte de diversão.

Maria Muadiê disse...

Feliz ano novo, Edu!