segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Porque o inferno são os outros

"Creio que seja impossível, num processo de criação artística, não se colocar inteiro. Corpo e alma. Sensações, emoções, vibrações, desejos, memórias do que se viveu e do que ainda há de vir. Toda obra artística, para mim, é de alguma maneira autobiográfica, principalmente quando criada por gente passional como nós.

Pelo relato de Lorena., imagino que o Corpo tenha tomado forma de acordo com o seu momento na ocasião da concepção do espetáculo. Mesmo que assim não fosse, inevitavelmente você iria fundo nas questões emocionais, porque você é todo emoção. Dedo na ferida. Sempre. Mergulho no poço escuro e fundo de nós mesmos. Revelar o que negamos, o que desconhecemos. Mexer, perturbar, tirar do eixo, desestabilizar. Você é provocador por natureza. Já nasceu assim. Vai morrer assim!

Me vi inteira no espetáculo. Vi minha vida retratada de maneira metafórica. Eu e a minha luta diária, não com o outro, mas comigo mesma. Emoção e razão disputando seu lugar dentro de mim. Eu e eu disputando espaço. Caminhando no desconhecido labirinto das emoções vagas e difusas. Mas também vi o "me reconhecer no outro" e me pertubar com isso. "Porque o inferno são os outros." E quando a gente se vê no outro de uma maneira que não nos agrada, e é obrigado a perceber que o outro também somos nós... isso perturba, enfraquece, desestabiliza. É como estar diante de uma esfinge, que te diz: -Decifra-me E te devoro! E ninguém quer ser devorado... então ficamos perambulando por estradas escuras onde não se sabe quem somos e nem pra onde vamos.

Tive vontade de chorar lendo o que Lorena escrevera. Nesse meu "momento" meio louco, já pertubada por emoções (des)conhecidas, foi desconcertante (assim como rever um grande amor rsrsrs...) "assistir" ao Corpo. Aumentou o meu desejo de ver essa criança nascer... eu, que de algum modo, ajudei a concebê-la. Mas a vontade de chorar também é de orgulho de ser tua... que torna o mundo mais bonito com sua poesia erótica e visceral. Você que torna tudo mais... quando se mostra ao mundo assim escancarado, verdadeiro, pura essência. És essencial pra mim.

Ah... o teu olhar melhora o meu."

Cléa Ferreira (http://epifaniasealumbramentos.blogspot.com/)

O Corpo Perturbador http://ocorpoperturbador.blogspot.com/ estréia quinta-feira, 09/12, as 17h:30min, no pátio do ICBA, ENTRADA FRANCA

Foto de Marcos (Miniusina de Criação)

Um comentário:

Memória das águas disse...

te escrevi e depois de ler os blogs eu ja nem sei...é tanta coisa!!!!
e ainda ver a foto do blog...aff...é tanta coisa!


di.