segunda-feira, 22 de junho de 2009

Ninguém mais vai ser bonzinho



Ganhei da e-amiga Janaína Amado, do Acreditando no truque, o prêmio internacional Utopie Calabresi que homenageia blogs que promovem o humanismo. Fiquei muito feliz e lisonjeado com o prêmio e devo, por minha vez, indicar cinco blogs para receberem o prêmio.

Aproveito esta indicação para falar um pouco sobre o debate que participei no FILO (Festival Internacional de Londrina) cujo tema “Acessibilidade para a Democratização da Cultura” buscava uma reflexão sobre o movimento de inclusão das pessoas com deficiência no âmbito da cultura. Na mesa, coordenada por Paulo Braz, eu estava acompanhado de Claudia Werneck, Edna Rangel, Nitis Jacon, Kleber Arantes, Sebastião Narciso, Jane Bastos Alves, Fernanda Ferreira e Célia Regina Vitaliano.

Com este encontro escrevemos a Carta da 41ª Edição do Festival Internacional de Londrina – FILO 2009, que está na imagem abaixo. Nesta carta afirmamos a urgência de se cumprir as normas constitucionais já estabelecidas no Decreto Legislativo nº 186/08 que ratificou com equivalência constitucional a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU) no ano de 2006 e também as resoluções da Oficina Nacional de Indicação de Políticas Públicas Culturais para a Inclusão de Pessoas com Deficiência, organizada pelo Ministério da Cultura em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz, ocorrida em outubro de 2008 na cidade do Rio de Janeiro, onde também estive presente.

E segundo Cláudia Werneck, da Escola de Gente (RJ), em assunto de acessibilidade "Ninguém mais vai ser bonzinho", porque não é caridade se cumprir a lei, é direito das pessoas com deficiência e dever de todos nós. Acessibilidade também não diz respeito apenas as pessoas cegas, surdas, paralíticas, etc, assim como a discriminação com negros, por exemplo, não é uma causa apenas deste grupo e a violência contra as crianças nos fere a todos, só para citar algumas causas.

Acessibilidade quer dizer respeitar o direito de liberdade de todos os cidadãos, não privando um determinado grupo disso e nem acreditar que o mínimo que se faz é o máximo. próprio gorverno descumpre a lei.

FALTA DE ACESSIBILIDADE É CRIME!

Voltando ao prêmio, indico os seguintes blogs para o prêmio Utopie Calabresi:

- Dias assim bem perto de mim: (porque "meu filho me pediu uma boneca")
- Wagner Schwartz: (porque é um homem, artista completo)
- Ainda Conto: porque pensa na natureza)
- Continhos para cão dormir: (porque é mulher retada)
- Sussurros: porque poesia nos humaniza)

O Premio Internazionale UTOPIE CALABRESI inspira-se nos valores do Humanismo, entendendo-se por isso “tudo o que é digno do homem e o torna civilizado, elevando-o acima da barbarie”. Este “selo” foi criado com o objectivo de premiar os blogs que promovem conhecimento livre, cultura e arte, tolerância e aceitação da diferença, amizade e solidariedade entre os povos.
Quem recebe o Premio Internazionale UTOPIE CALABRESI e o aceita deve:
- visitar o blog UTOPIE CALABRESI, http://utopiecalabresi.blogspot.com/, clicar na imagem do prémio colocada na homepage e deixar um comentário sobre o Humanismo;- escolher 5 outros blogs a quem entregar o prémio;- linkar o blog pelo qual recebeu;- exibir a imagem.






OBS- Ningém mais vai ser bonzinho é um livro de Claudia Werneck e uma peça de teatro do grupo Os Inclusos e os Sisos, da Escola de Gente. Clicando no título do post você pode conhecer o trabalho desse pessoal.



4 comentários:

Janaina Amado disse...

Edu, muito legal este seu post. Pro link, faz assim: ilumina a parte do texto que você quer transformar em link; depois procura na barra de ferrametas DO POST, logo acima do seu texto, uma figura que eu acho parecida com dois olhinhos, verde; clica ali; vai aparecer uma outra janela, para você inserir o endereço do link (para onde você quer que a pessoa vá, quando clicar no seu texto). Pronto!
Geralmente eu deixo aberta duas janelas, a do texto que estou escrevendo e a da página do link. Daí ilumino o endereço do link, marco copiar, vou pra janela do endereço do link e o colo ali. Dê uma treinadinha, vai dar certo.
De semianarfa pra anarfa

Rafael Romano disse...

É claro que seu blog não poderia estar fora dessa. E eu também indicaria o blog da Denise com seu belíssimo texto "Meu filho pediu uma boneca".

Parabéns por tudo Edu!!

karina rabinovitz disse...

poxa Edu!!!
tão honrada e feliz com esta sua indicação!
importa pra mim mais este seu olhar sobre minha poesia, que receber o selo de fato...
obrigada! de verdade!

e viva você! o seu blog, sua luta, seu exemplo, sua força e seu brilho!

beijo.

Luli Facciolla disse...

ô Edu... Mais uma vez, vc tão gentil!
Vou lá no blog me familiarizar com o selo, podexá!

Muitos beijos pra vc