segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Ne me quite pas (da série música chiclete)

Morro de medo de saber depois que fui um erro na vida de alguém que a mim foi tão importante. Vixe, nem pensar! Nem falar, porque as palavras têm poder e sei lá o que vem me acontecer. Escuto "Ne me quite pas" com Maria Gadu no repeat e meu peito dá nó, minhas mãos passeam o mouse no passado e vejo tanta beleza, mas tanta beleza que me trouxe tristeza quando o presente chegou.

8 comentários:

Fau Govas disse...

Putz...Meu "My Space" chiclete agora,é esse:Maria Gadú!rs
Estou adorando...Você tem o cd,é?Gravaaaaaaa pra mim!rs
E ela cantando "Baba"?rs
Beijo,se cuida!

Gerana disse...

Também ouvi hoje, na Globo News, no programa de Maria Beltrão. estamos sintonizados!

Melk disse...

Só depende de nós mesmos, Edu: " O ser ou não o erro". Depende do nosso gosto e percepção de beleza... mas aí isso é tão relativo. Vixe!!!
Beeeeeeeeeijos

Bernardo Guimarães disse...

não ouvi mas adorei ter ouvido por seu intermédio. esta musica é do cacete!

I.Moniz Pacheco disse...

É um risco que se corre. Ser ou não erro na vida de alguém não depende muito de nós. Mas assim é. A vida é boa por isso: soma de erros e acertos.
Não conhecia essa gravação, obrigada pela beleza que ela tem e voce me mostrou.
Bj, outro, tchau

Janaina Amado disse...

Ah, Edu, meu querido, você só pode ser acerto! :-)
Ainda teremos muitas oportunidade de nos encontrar pessoalmente. Abraço.

Luli Facciolla disse...

Porra Edu!(desculpe o termo!)
Vc sempre acerta os/nos meus sentimentos!
Incrível!

Beijos

Regina disse...

Olá, Edu...
Retribuíndo a visita. Seu trabalho é muito bom.

Quanto à sua pesquisa, se quiser acessar e entrar em minha comunidade será bem vindo, o link consta em meu blog.

Beijo